Número de mortos em ataque contra mesquita no Egito sobe para 305

Postando e atualizado: 25-11-17 às 09:35Hs
FONTE DA NOTÍCIA: Correio Braziliense
------------------------------------
redeesperanca
Entre as vítimas, estão 27 crianças, segundo um novo balanço fornecido neste sábado (25/11) pelo procurador-geral em um comunicado transmitido pela televisão estatal

Funerais, orações, tarjas pretas na imprensa: o Egito iniciou neste sábado (25/11) três dias de luto nacional em homenagem às 305 pessoas mortas no dia anterior em uma mesquita, no ataque mais sangrento da história recente do país.

O balanço de vítimas foi atualizado neste sábado pelo procurador-geral em um comunicado transmitido pela televisão estatal, que indicou a morte de 27 crianças. 

Poucas horas depois que o presidente egípcio Abdel Fattah al-Sissi prometeu "vingar os mártires", o exército realizou ataques aéreos na área do atentado, na região do Sinai, onde as forças de segurança lutam contra a facção egípcia do grupo jihadista Estado Islâmico (EI). 

Ainda não reivindicado, mesmo que tudo aponte para uma operação jihadista, o ataque ocorreu durante a oração de sexta-feira (24) na mesquita Al-Rawda de Bir al-Abd, 40 quilômetros a oeste de Al-Arich, capital da província do Sinai do Norte. 

Os agressores explodiram uma bomba antes de disparar indiscriminadamente contra os fiéis. 

Este massacre, raro em uma mesquita e um dos mais mortíferos desde os ataques de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos, deixou os egípcios em estado de choque.

Resultado de imagem para atentado na mesquita




Comentários